Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

O que desejamos no dia do nosso aniversário?

Imagem
Bom, nada melhor do que escrever sobre esse assunto no dia do meu aniversário! Sim, pois essa data, para cada pessoa tem um significado, que pode ser de um mero dia esquecível, ou que tentamos nos esquecer, pois ainda há pessoas que não aceitam o envelhecer como algo natural e também há aquelas que não podem deixar jamais de celebrar essa data numa festa especial.
Eu não me encaixo em nenhuma dessas opções. Quem me conhece sabe que sou regida pela Lua, então vario muito as minhas comemorações e a maneira como passo esse dia, mas nunca deixo de refletir e de fazer agradecimentos, aliás sempre faço muito mais agradecimentos do que me queixo por não ter conseguido realizar meus sonhos durante os 365 dias.
Sinto
no dia do meu aniversário, uma sensação de ser igual a todo mundo, pois ninguém, até mesmo quem não sabe a data de seu nascimento deixa de se lembrar que mais um ano se passou em sua vida. O diferencial está no que conquistamos com esse tempo que se passa. Mais maturidade? Mais …

Por que as pessoas fogem de relacionamentos mais sérios?

Imagem
Parece engraçado, mas sabia que existem pessoas que têm medo de se relacionarem de verdade? Você já se sentiu com medo de se relacionar com alguém ou já sentiu que alguém tinha medo de gostar muito de você?
Acho importante entender essa dinâmica nos relacionamentos, pois mostra o quanto esse medo de se entregar acaba gerando relacionamentos vazios de companheirismo e de abertura ao outro. Além disso, a quantidade de pessoas que estão perdidas, que querem acreditar que estão muito bem protegidas por esse medo de se envolver e seus sentimentos podem ser desvinculados de suas relações, vivem numa montanha russa de emoções que parece não ter fim. Agindo assim, essas pessoas mantêm relações com vários parceiros ao mesmo tempo e só continuam a se sentir solitárias, e o pior – demonstram ao outro a imagem de que estão indisponíveis para amar de verdade.
Há muitos casos em que a pessoa realmente passou por uma desilusão amorosa e isso a fez criar uma fobia muito grande para se relacionar …

Por que as pessoas mentem?

Imagem
Claro que há as mentirinhas bobas que usamos para nos desculpar de algo, pois é isso na cultura brasileira parece que é a atitude mais normal e cabível, mas de fato só cria um estereotipo feio e bastante negativo sobre nossa maneira de se relacionar com os outros.

Para resumir a situação, quem é sincero acaba levando a fama de grosseiro e quem mente, de educado e fino. Não seria isso uma inversão de valores?
Eu costumo afirmar que gosto de pessoas curtas e grossas, pois realmente são as mais sinceras, são aquelas pessoas em quem podemos confiar porque elas usam da verdade, mesmo que de forma frívola para exprimir suas opiniões e quem são de fato. Já as pessoas mais, digamos, finas, escondem-se através de palavras lindas, de várias maneiras diferentes de dizer “não” para passarem a imagem de que são “rafinées”.
Se analisarmos as nossas relações e percebemos quantas vezes vivemos cercados de mentiras, nossas relações não parecem mais falsas do que verdadeiras? Será que a verdade é tão …

Intransigência, um grande mal para os relacionamentos

Imagem
Você sabe o que é ser intransigente? É não aceitar as falhas, as imperfeições e algo que pertence ao outro. É simplesmente não admitir que o outro seja exatamente o que ele de fato é. Você tem um pouquinho disso em si mesmo ou sofre por ter pessoas intransigentes ao seu redor? Você não acha que a não aceitação alheia pode ser um grande mal que pode repelir as pessoas não consideradas perfeitas?
Muitos relacionamentos se findam justamente porque não há disposição entre os envolvidos para aceitar o outro realmente como ele é, por alguém assumir uma postura intolerante, talvez um pouco egoísta e, assim, desencanta-se muito rápido quando começa a conhecer de verdade a pessoa que está ao lado.
Quais são os fatores que nos levam a ter um comportamento intransigente? O medo de se relacionar de verdade e mais intensamente, que nem sempre é consciente e o medo de se expor ao outro tal como ele é, cheio de imperfeições.
Você já buscou entender como as pessoas mais intransigentes que você conhece…

Antes só do que mal acompanhado?

Imagem
Parece simples demais pensar que há pessoas que estão acompanhadas simplesmente porque não conseguem se imaginar sozinhas, mas acredite, é verdade. Tirando o véu do romantismo, podemos observar muitos casais que já não têm mais o amor os nutrindo, mas mesmo assim, permanecem juntos por diversos fatores.
Será que na hora de escolhermos uma pessoa para ficar do nosso lado temos que avaliar quais são os fatores extra sentimentos que possam nos unir?  Claro que sim, mas quais seriam os fatores válidos que podem trazer o sucesso dos relacionamentos? Nossas carências, nossa incapacidade de se ver sozinho frente à vida? Modismo? Falta de segurança para tomar nossas atitudes? Certamente, estes fatores não são o que podemos considerar como as condições que vão nos levar a ter relacionamentos sadios e de crescimento pessoal, pois serão baseados na dependência, não no sentimento e no bem estar causado pela presença de uma pessoa que você quer ter ao seu lado, simplesmente pela qualidade do relaci…

Respeitando o seu limite pessoal

Imagem
Você sabe qual é o seu limite de horas de trabalho? De horas sem dormir? De má alimentação? De estresse? Você tem consciência de que absorve os problemas somatizá-los em seu corpo? O seu limite é o mesmo das outras pessoas? E será que ele varia de acordo com todos os fatores que te envolvem no seu quotidiano?

Tem muitas pessoas que acham que podem virar dias e noites estudando e trabalhando incessantemente, como se fossem verdadeiras máquinas, mas na verdade, até as próprias máquinas precisam de descanso. Você ouve o seu corpo quando ele pede uma pausa para respirar melhor e repor suas energias?
O que você tem feito de bom para si mesmo, além de estar pensando em alcançar seus melhores resultados? Tem se dado o melhor? Existe um caminho melhor para conseguir ter sucesso e ter felicidade ao mesmo tempo? Você tem se permitido saborear a vida, além de simplesmente servir como mão de obra? Tem tido tempo para admirar o que é belo, o que é bom e o que é satisfatório para você? Ou será que…

Aceitando as nossas curvas

Imagem
Primeiramente, eu pensei em escrever um artigo sobre obesidade e compulsões alimentares, mas pensei melhor e pude observar que há uma paridade entre a quantidade de pessoas que querem emagrecer e os outros transtornos alimentares.
Certamente, chama-nos muito mais a atenção por uma questão da estética da atualidade ver uma pessoa obesa, mas as pessoas magras demais também não nos aponta outro tipo de desequilíbrio?
Tudo isso está associado a uma relação emocional e psicológica, sem dúvida alguma – pessoas que estão acima do peso, estão passando por momentos de busca de seu espaço, de reconhecimento e também podem estar sentindo necessidade de proteção, enquanto pessoas muito magras tendem a guardar muita raiva dentro de si e apresentam um extremismo na tentativa de encontrar a perfeição em alguma área de sua vida, privando-se do prazer de vivenciar suas experiências.
Não podemos nos esquecer de que todos nós temos que ter uma quantidade de gordura no corpo para que nosso organismo funci…