Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Quanta fragilidade ainda existe em ser mulher

Imagem
Muitos não sabem, mas dou aulas numa escola pública dentro de uma comunidade no Rio de Janeiro e no ano passado, exatamente no dia internacional da mulher, houve um crime bárbaro que mexeu absurdamente comigo – uma mulher linda, nova às duas horas da tarde, foi morta e estuprada na rua, sem que ninguém desse queixa contra essa ardilosidade. Fiquei muito tempo e ainda fico com medo de entrar e sair da comunidade e foi então que pude perceber como qualquer uma de nós pode ser um alvo fácil na mão de homens e mulheres também que queiram o nosso mal – somos realmente um ser muito frágil... E muito passivo em muitas horas... Isso é uma pena porque o ser cruel usa da nossa subordinação para usufruir da sua ardilosidade . Somos passivas na hora em que achamos que o outro só vai nos amar se fizermos tudo do jeito que ele quer, negando toda a nossa história de vida, nossa maneira de pensar e de agir. Será que temos que deixar mesmo para trás nossos filhos de outros casamentos, nossa família, nos…

Renato Russo nunca sai de moda

Imagem
Nunca pude sentir com tanta sensibilidade as letras de Renato Russo. Acho que as minhas leituras de Clarice Lispector abriram mais meus ouvidos para ele. Talvez o que me acontece foi que eu era muito nova quando a Legião estourava nas rádios com o Faroeste Caboclo e eu achava a letra triste demais. As letras do Renato são lindas, mas não são para qualquer pessoa entender. São para quem está em nostalgia, nas suas profundezas, uma ou outra são alegrinhas e eu na adolescência não gostava desse estilo de música tão down, mas numa coisa a Bruna de ontem e a de hoje têm que concordar: ele nunca sairá de moda porque o mergulho em si mesmo é muito importante. O estilo da Legião Urbana vai ser sempre admirado e respeitado porque imita nenhuma banda e para mentes inquietas em busca de respostas, as letras serão sempre evidências sobre o quanto temos de rebeldia na juventude e como temos que encostar em problemas mal resolvidos que carregamos pela vida se não cuidamos deles. Renato para mim …