Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

Uma vida imperfeita

Imagem
Esse texto vai para quem acha que tem que acordar numa mansão linda e brilhante, com tudo arrumado, com um parceiro perfeito ao seu lado, com dinheiro a perder de vista e uma saúde de dar inveja a qualquer um para ser feliz. Não, não precisamos disso tudo para ser feliz, você sabia? Muita gente carrega um sorriso largo por aí com muito menos que isso, então qual é o segredo?

Você sabe o que significa “se contentar”? Significa se satisfazer, mas eu sei que a Psicanálise diz que não temos essa capacidade porque sempre temos em nós uma pulsão que nos faz  querer algo a mais. Mas e daí? Qual é o problema nisso? Nenhum, pois nisso mesmo está a nossa vontade de seguir adiante com nossa vontade porque é essa força que nos dá mais impulso ainda para continuar com nossa vida e não perder a vontade de viver.
E por que falar de uma vida imperfeita? Porque não é a primeira vez que eu recebo e agradeço, é claro, o carinho de um dos meus leitores que achava que eu tinha uma vida perfeita e era por is…

Você é intransigente com o outro?

Imagem
Um dos temas mais lidos e mais procurados pelos meus leitores é a intransigência e acredito que cada um de nós devemos refletir sobre esse tema para que possamos entender mais sobre o que é ser uma pessoa intransigente ou não e se estamos cometendo a falha de não aceitar a maneira de ser do outro.
Como vocês já devem saber, tem um artigo em que eu já escrevi sobre esse assunto. O link é http://mestredesi.blogspot.com.br/2011/06/intransigencia-um-grande-mal-para-os.html . Mas volto a esse assunto para retomar o que é ser intransigente e isso requer entender que não aceitamos o outro do jeito que ele realmente é. Isso acontece porque queremos sempre dar algum tipo de retoque na maneira de ser do outro, ou porque o outro fala alto demais, ou não sabe se comportar bem e infelizmente nós nos sentimentos sempre com algum tipo de desalinho entre a realidade e o que imaginamos que o outro poderia ser, mas ele não é e talvez nunca será porque tais mudanças não dependem de nós e sim…