Postagens

Você é intransigente com o outro?

Imagem
Um dos temas mais lidos e mais procurados pelos meus leitores é a intransigência e acredito que cada um de nós devemos refletir sobre esse tema para que possamos entender mais sobre o que é ser uma pessoa intransigente ou não e se estamos cometendo a falha de não aceitar a maneira de ser do outro.
Como vocês já devem saber, tem um artigo em que eu já escrevi sobre esse assunto. O link é http://mestredesi.blogspot.com.br/2011/06/intransigencia-um-grande-mal-para-os.html . Mas volto a esse assunto para retomar o que é ser intransigente e isso requer entender que não aceitamos o outro do jeito que ele realmente é. Isso acontece porque queremos sempre dar algum tipo de retoque na maneira de ser do outro, ou porque o outro fala alto demais, ou não sabe se comportar bem e infelizmente nós nos sentimentos sempre com algum tipo de desalinho entre a realidade e o que imaginamos que o outro poderia ser, mas ele não é e talvez nunca será porque tais mudanças não dependem de nós e sim…

É possível resgatar uma relação longa e infeliz?

Imagem
No mundo em que vivemos, ainda é muito normal encontrar pessoas apegadas ao passado e sem ânimo para mudar a sua vida afetiva. Com isso, vivem acorrentadas a um relacionamento, com medo de se arrepender ao dar um ponto final, pelo fato de não terem certeza de que vão encontrar alguém melhor no futuro. Mas será que isso vale a pena? Será que é preciso ficar infeliz para sempre do lado de alguém só para manter o estado civil?

   Há, ainda, aquelas pessoas que preferem acreditar na instituição "casamento" como um porto seguro, mas buscam o prazer carnal em relacionamentos extraconjugais, sem se soltarem do parceiro com quem casaram. Comportamentos desse tipo só demonstram o quanto há vários relacionamentos longos e infelizes na sociedade e como as pessoas não têm coragem de encarar o fato principal: elas não vivem felizes e ainda trazem para o relacionamento muita frustração e maiores desgastes.
   Quem tem filho e passa por essa situação, costuma justificar esse tipo de co…

A pornografia faz mal?

Imagem
Sei que sexo vende e muito, mas se a pessoa só pensa em sexo o tempo todo, isso é uma patologia e só pode trazer prejuízos para sua vida pessoal e profissional. Recentemente, eu estava na fila de embarque e vi um rapaz completamente vidrado assistindo um vídeo pornográfico na tela do seu celular, como se as pessoas ao redor não existissem e que ele não poderia estar incomodando ninguém, muito menos crianças que estavam passando pelo local.
Depois desse vídeo, veio outro e mais outro... E depois, não mais o vi no saguão do aeroporto, mas o mais importante é como as pessoas se perdem nesse ciclo de baixa vibração e se prendem a um elo com a fantasia e saem do real. Não é mesmo?
Um bom exemplo disso está presente no filme “Como não perder essa mulher” que tem o nome original “Don Jon” (2003), estrelado por Joseph Gordon-Levitt, Scarlett Johansson e Juliane Moore. O personagem Don é totalmente fissurado por pornografia, não deixa de assistir todos os dias e isso complica suas relações amoro…

Viver o luto

Imagem
Estou num momento muito complicado dos dois lados da minha família pois minhas duas avós estão muito doentes, já muito idosas e já estão mostrando muitos sinais de que vão desenlaçar da carne em breve. Hoje, fui visitar minha avó materna depois dela ter saído da UTI e fiquei por horas conversando, massageando seus pés e olhando nos seus olhos, ouvindo suas palavras querendo guardar todos aqueles segundos eternamente dentro de mim, mas teve momentos em que eu me desconcentrei do que ela estava falando e me perdi no seu olhar.

Depois, como minha avó paterna que mora quase na mesma rua, fui visita-la também e fiquei muito angustiada porque hoje, depois de um ano de após um AVC, ela tem muitas sequelas para falar, não anda, não lembra de mim e ficou com demência. Mas o que mais me abateu foi que diferente dos outros dias em que a visitei, não percebi melhora no seu quadro, pelo contrário, a achei pior, muito mais apática e minha tia relatou que ela tinha passado mal durante a sem…

Praticando a empatia no seu dia

Imagem
Adote esse comportamento e aumente a qualidade das suas relações. 


   Empatia é uma palavra de origem grega e corresponde a ter aceitação por algo ou pelos outros. Ser empático é ser uma pessoa aberta a se relacionar com outras, é estar disposto a se comunicar bem com amigos, parceiros amorosos e até com os demais funcionários de sua empresa, mantendo um clima sadio. Cultivar esse comportamento ao nosso redor é fundamental para nutrir relações agradáveis e criar ambientes harmoniosos.    Para estabelecer novos e bons contatos, por exemplo, precisamos jogar fora pensamentos pré-construídos sobre o jeito de ser do outro. Geralmente, quando criamos uma imagem de alguém, sem procurar conhecer a pessoa previamente, corremos o risco de cometer equívocos e julgamentos indevidos. Acreditar em opiniões pré-concebidas faz com que nossos relacionamentos sejam baseados na desconfiança.    Ao praticar a empatia, estamos nos abrindo a ouvir e a conhecer de verdade as pessoas ao nosso redor. Assim, …

O difícil exercício de não julgar as pessoas

Imagem
Para viver melhor, nem sempre é favorável dar sua opinião sobre os outros.

   Parece que viemos ao mundo para ter um julgamento sobre tudo, ou o que as pessoas chamam de "ter uma opinião formada sobre tudo". Mas será mesmo que é isso? Será que a sua opinião deve ser dada sem que as pessoas lhe peçam, ou isso é uma intromissão e uma grande falta de educação da sua parte, de não respeitar o limite da vida alheia, o limite do outro de ser e de fazer o que ele quer?


   Bom, o que proponho é uma reflexão sobre como viver melhor com as pessoas, sem se incomodar com a presença ou as atitudes do outro. Já parou para perceber que quando você tenta impor o seu julgamento sobre tudo e todos, geralmente age com preconceito? Muitas vezes, as pessoas nem mesmo procuram se informar antes a respeito do assunto e, já "atiram a primeira pedra", criticando e criando um incômodo desnecessário.

   Críticas são sempre bem- vindas se elas são construtivas, e posicionadas no momento c…

Solidão e Silêncio para Refletir

Imagem
Já parou para pensar em como são consideradas estranhas aquelas pessoas que ficam sozinhas, trancadas em seus quartos ou bibliotecas lendo livros ou preferem ficar em casa do que curtir uma noite de eventos? Estar sozinho é visto como negativo em nossa sociedade. Mas será que realmente isso é ruim?

    Não estamos tratando aqui de fobias sociais, quadro grave de ansiedade no qual o indivíduo demonstra medo de expor-se a outras pessoas e que tem como consequência o afastamento social. Estou falando de uma necessidade que muitas pessoas sentem de ficarem sós um pouquinho, nem que seja para ver um filme em silêncio por duas horas.

    Estar bem consigo mesmo às vezes requer ficar em silêncio, para fugir da barulheira lá fora. Estar sozinho nos permite ficar numa postura que gostamos, nos permite parar um pouco para pensar em quais atitudes tomamos devido ao contato com os outros. E também em quais atitudes realmente queremos tomar para satisfazer nossa alma.

    Silenciar também nos…