Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Tudo é uma questão de tempo, já encontrou o seu?

Imagem
Inclusive eu tive que esperar o momento para ter a inspiração que me faltava para escrever sobre o tempo, o que aconteceu ao me ver diante de Eclesiastes 3 e segue abaixo um trecho desse texto maravilhoso: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou (...) Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.” Quando nós alcançamos um conhecimento mais maduro sobre a vida, começamos a entender que tudo passa pela linha do tempo e devemos estar cientes que nem tudo o que queremos pode não estar pronto para nós no momento …

A raiva dói.

Imagem
Você já sentiu raiva por não ter conseguido alguma coisa, não é verdade? Também já sentiu raiva por alguém ter conquistado algo no seu lugar. Claro que sim, somos humanos e esse sentimento faz parte dos nossos relacionamentos, tanto pessoais quanto profissionais... A raiva e o ciúme juntos podem tirar até o sono de pessoas que não sabem lidar bem com seus próprios sentimentos... 

A raiva, ao ser criada, dependendo de nossa personalidade, fica guardada em uma parte de nosso corpo e pode se alojar na cabeça, no estômago, nas costas, no pescoço e até causar febre e vômito. Achamos um absurdo alguém assumir que sente raiva e disso, eu discordo plenamente, pois aquela tristeza demonstrada, muitas vezes é uma raiva contida dentro de nós, pois achamos indevido demonstrar este sentimento tão negativo, porém o criamos e podemos tirar dele algo de bom ou de ruim, depende de nossos objetivos com isso.
Ao sentirmos raiva com ciúmes, podemos agir de forma agressiva com nosso parceiro, falando frase…

Existem amores impossíveis?

Imagem
Claro que sim, mas quem os cria? Não seríamos nós, as pessoas as quais se negam a viver amores possíveis? Você não acha que há algo de errado em relações que não conseguem seguir um fluxo de tranquilidade? Então, quem de fato faz com que essas relações não fluam bem?

Eu acho muito interessante como há pessoas que se prendem a relações como essas, vivem anos e anos na esperança de que o relacionamento encontre um rumo mágico, em que o casal possa se dar bem e conviver feliz, mas e se não fizermos a nossa parte e o parceiro a sua, será que mesmo assim a relação pode dar certo?
Não existe um bom convívio só de uma parte, assim como você não se pode se comprometer com alguém que não quer assumir um compromisso contigo. Isso pode parecer uma mera lógica matemática para muitas pessoas, enquanto outras ainda insistem em gastar suas energias em amores impossíveis. Será que fazemos bem para nós mesmos dando amor a quem não o quer receber? Será que não fica um vazio dessa energia em nós? Será…