sexta-feira, 29 de julho de 2011

Tudo é uma questão de tempo, já encontrou o seu?

Inclusive eu tive que esperar o momento para ter a inspiração que me faltava para escrever sobre o tempo, o que aconteceu ao me ver diante de Eclesiastes 3 e segue abaixo um trecho desse texto maravilhoso:
“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou (...) Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.”
Quando nós alcançamos um conhecimento mais maduro sobre a vida, começamos a entender que tudo passa pela linha do tempo e devemos estar cientes que nem tudo o que queremos pode não estar pronto para nós no momento em que surge a nossa vontade de possuir essa coisa, assim como também pode acontecer de não estarmos prontos para ter o que queremos.
Uma vez, eu ouvi que “ter disciplina e meta são as chaves para o sucesso”. Ainda continuo concordando com essa frase, mas acredito que a maturidade vinda através do tempo é muito importante também, pois imagine você querendo algo sem saber o que fazer com esse objeto de desejo em sua vida? Será que todos nós temos capacidade de aprender de forma rápida ou precisamos aceitar nosso tempo interior, nossa maneira única de aprender e assim alcançar nossos objetivos conscientes do que estamos fazendo?
Até o amor e a amizade se constroem através do tempo. Já a paixão devoradora não precisa de tempo, ela explode em nós, em questão de segundos e pode também durar pouco tempo. Concordo com a fala da Raposa ao Pequeno Príncipe sobre os sentimentos verdadeiros e duradouros precisarem de tempo para serem cultivados e conquistados e, além disso, é preciso respeitar o limite de cada um dos envolvidos.
Já na vida profissional, o tempo pode ser um forte aliado. A cada ano, você adquire experiências novas, novos contatos, novas maneiras de pensar sobre o que você faz e o que você pretende fazer de sua carreira e as mudanças estão incluídas na linha do tempo! Sim, mudar é preciso e o tempo nos ensina isso.
O tempo nos ensina a usar nossas forças de uma maneira mais sábia, com as palavras certas no momento certo, sem grosserias, sem arrogância, sem mediocridade que nos acometem enquanto não alcançamos a maturidade conquistada através de quê? Do tempo. A diferença entre ser uma pessoa inteligente e sábia pode ser ínfima: O sábio guarda em si a serenidade, o momento da espera, enquanto o inteligente muitas vezes é impulsionado pela ansiedade de ter o que quer a qualquer custo, não respeitando as frações de segundo que o separam de sua conquista.
            Pessoas sábias entendem que o tempo não é seu inimigo e sim um grande componente na realização de seus planos. Usar a sabedoria do tempo é vivenciar feliz o presente, não remoer o passado e não projetar para o futuro a sua felicidade. Parece simples, mas muitas pessoas se perdem na linha do tempo, não conseguem aceitar o que passou, o que se passa  e o que passará em suas vidas, de acordo com o que fazem no agora.
            Quem luta contra o tempo, só traz para si a dor, a revolta porque luta com algo abstrato, mas muito poderoso. Então, por que você a partir de agora não busca se organizar mais para ter tempo para fazer tudo o que você quer no seu dia, no seu cotidiano? Por que não saber equilibrar o seu dia com momentos de estudo, de trabalho e também de diversão? Se puder incluir a diversão durante todo o seu dia, melhor ainda, não?

10 comentários:

  1. Adoro essa passagem e inclusive a usei como mensagem no meu TCC. É a mais pura verdade, tudo tem seu tempo... o problema é que temos tanta pressa que acabamos não percebendo como tudo acontece na hora exata ! Beijos !

    ResponderExcluir
  2. Oi Hanny! Eu também acho uma das passagens mais lindas da Bíblia. É bem por aí mesmo, ao vivermos um ritmo frenético e de ansiedade, nem aproveitamos os acontecimentos presentes e nem mesmo esperamos o momento ideal para realizar o que queremos! Grande abraço :-)

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, Bruna. Reduzimos o sentido e a importância do tempo aos ponteiros do relogio, ao sol atravessando o céu ou ao movimento do clima. Se a vida é uma escola, o tempo é o seu maior professor.

    ResponderExcluir
  4. Oi Leo, é verdade, o tempo nos ensina e muito mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Demais ,bruna.hj dia 15 que vi seu email, justamente em um dia foi pessimo pensando em pq ainda estou so,pq nada da certo.fiquei dia xingando nervoso. muito bom . vou pensar mais .

    ResponderExcluir
  6. Que bom que o artigo te deu uma acalmada e compreensão de que não adianta querermos tudo ao mesmo tempo, se não nos preparamos para o que queremos de fato. Faça o que for preciso para conquistar o que você quer e confie!

    ResponderExcluir
  7. Por que muitas vezes, temos consciência de que o tempo äs vezes é necessário para o nosso aprendizado, mas estamos esquecendo de trazer isso para o nosso dia, para o nosso segundo presente, a rapidez com que tudo acontece acaba roubando de nós a capacidade de ser neste exato momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivian, muito boa a sua reflexão sobre o assunto, é isso mesmo, precisamos ser o que podemos ser no momento presente.

      Excluir
  8. Por que muitas vezes temos consciência de que o tempo äs vezes é necessário para o nosso aprendizado, mas estamos esquecendo de trazer isso para o nosso dia, para o nosso segundo presente, a rapidez com que tudo acontece acaba roubando de nós a capacidade de ser neste exato momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, às vezes precisamos desacelerar um pouquinho para fazer tudo da melhor maneira possível e descobrir quais são as nossas prioridades. Mesmo que tenhamos um monte de ideias legais, temos que saber como por em prática uma a uma, pois nem sempre conseguimos ter energia suficiente para tanta tarefa ao mesmo tempo!

      Excluir