Falta de paciência: um problema que gera grandes transtornos

Com tanta rapidez no nosso dia a dia, a paciência acabou virando algo obsoleto na sociedade. Com isso, a cada dia mais, vemos pessoas tendo problemas de ansiedade, de stress e ímpetos explosivos desrespeitando a si mesmo e aos outros. Será que podemos melhorar esse quadro?

Vivemos hoje algo que nossos avós não viveram que é a era do computador e com isso, ao precisarmos encontrar uma informação com rapidez, usamos a internet e em questão de segundos o computador dá a resposta. Essa velocidade em alcançar respostas pela Internet dinamizou também as nossas relações interpessoais, ou seja, com outras pessoas, pois acabamos virando pessoas mais imediatistas, que só visa os resultados, sem nem mesmo querer se esforçar para conseguir algo.

O lado bom da praticidade que vivemos é o desenvolvimento intelectual do homem, estamos trilhando linha de raciocínio mais rápida, estamos fazendo mais atividades, produzindo mais, mas ao mesmo tempo, estamos desrespeitando o nosso ritmo natural, inclusive o ritmo natural dos outros.

Quando não se tem paciência com seu próprio ritmo
A pessoa ao não ter paciência consigo mesma, acaba não aceitando as suas dificuldades de aprendizado e de adaptação a novas conquistas e ambientes e assim, desistem sem nem mesmo tentar conseguir realizar seus objetivos.

Você já pensou em quantas pessoas que desistem de aprender algo novo, de concluir seus estudos ou até mesmo de se curar de alguma doença crônica porque o resultado só viria depois de um período de perseverança, que só ocorre quando temos paciência? É uma pena vermos pessoas tão frustradas no nosso quotidiano simplesmente porque elas não respeitaram o seu ritmo de desenvolvimento, não é mesmo?

E quantas mais ainda vão ficar dependentes de fórmulas mágicas para emagrecer porque querem perder vários quilos numa semana? É importante lembrar que emagrecer é um processo, assim como o engordar. Então, por que não ter paciência com seu corpo e aceitar suas limitações naturais para emagrecer de uma maneira saudável e prazerosa através de atividades físicas e reeducação alimentar?

Quando não se tem paciência com o ritmo do outro
Em vários casos de desentendimento e discussão, vemos uma pessoa que se explode por não ter paciência nem mesmo respeito pela limitação que outro apresenta e acha que pode acelerar o resultado de algo de acordo apenas com a sua vontade. Prepotência? Pode ser uma boa palavra para definir essa atitude.

A falta de paciência com os outros gera problemas muito graves de comportamento. A pessoa acaba tendo atitudes antissociais com os outros, pois não se adapta bem ao relacionamento com pessoas que não são tão aceleradas como ela. Ter impaciência pode gerar conflitos muito grandes entre casais e pode ser a grande pólvora de brigas desnecessárias.

Ter paciência no ambiente profissional
Há um ditado holandês que diz que mais vale um punhado de paciência do que um barril de talento e isso é realmente um fato. Quantas pessoas que conhecemos que são super talentosas, mas não conseguem ter paciência consigo mesmas para alcançar os degraus de desenvolvimento profissional e se limitam a pouco, preferindo não almejar tantos objetivos assim porque sofrem por dentro devido a não ser nem um pouco pacientes com elas mesmas?

Ter paciência pode ser uma característica nossa ou mesmo podemos aprender a ser mais pacientes através de atividades que estimulem a nossa capacidade de perseverar para alcançar nossos objetivos.

Ser paciente é saber organizar suas estratégias com disciplina e zelo para que tudo dê certo, além disso, aceitar as suas limitações de desenvolvimento e não se menosprezar por isso.

E você, vai continuar a se explodir de ansiedade a cada vez que tiver que esperar seu computador voltar a funcionar normalmente ou enquanto não chega a data em que você vai conseguir o que quer?






Comentários

  1. Gostei muito desta matéria.

    Parabéns !

    ResponderExcluir
  2. Boa noite !Você é uma pessoa iluminada por Deus.Você fez uma colocação ótima !
    As pessoas estão deixando de vencer na vida por falta de paciência,no amor ,nem se fala!

    A família brasileira está sendo destruída por falta de paciência.
    Continue assim,orientando as pessoas.Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. MUITO BOM O CONTEUDO...TODAS AS PESSOAS DEVERIAM LER ISSO AÍ...Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns! Adorei sua matéria, com certeza estamos precisando de ter mais paciência com a vida de uma forma geral e viver mais a vida.

    Grande abraço....

    ResponderExcluir
  5. Tia adorei a matéria , e adorei a aula sobre esse assunto também , parabéns ! (:

    ResponderExcluir
  6. Oi Mestre. Parabéns pelo blog é muito gostoso ler seus artigos. Foi ótimo poder ver sob outra perspectiva atitudes que, às vezes, passam despercebidas, porém tem grande importância para sermos pessoas melhores. Esse artigo, em especial, fez com que eu refletisse bastante. A maneira como você escreve consegue, de fato, iluminar o ego dos leitores. Gros Bisous!

    ResponderExcluir
  7. Oi Anônimos! Muito obrigada pelos seus comentários e por terem gostado do artigo!

    ResponderExcluir
  8. Oi Cntia! Que bom que você gostou!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rosi. Que bom que você gostou da aula e do artigo!

    Grande abraço e até a próxima!

    ResponderExcluir
  10. Oi ma chérie Mariana!

    Obrigada ter lido meus artigos e gostado deles!

    beijinhos fofos para você!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Intransigência, um grande mal para os relacionamentos

Quando a cabeça não pensa, o corpo padece mesmo!

Por que as pessoas fogem de relacionamentos mais sérios?